CTRL + D para adicionar esse site aos seus favoritos.
Cadastre seu e-mail gratuitamente clicando aqui para se manter informado sobre vagas, concursos, apostilas e todos os demais conteúdos do site. Fique atento ao e-mail de confirmação que será enviado. Verifique também na caixa de spam.
.
Deseja fazer seu curriculo conosco? Divulga-lo em diversas empresas sem sair de casa? Entre em contato, revisamos seu currículo gratuitamente. curriculoideal@yahoo.com.br

Guia de Profissões de A a C

ADMINISTRAÇÃO

Administrador

O Curso de Administração visa à formação de profissionais (Título de Bacharel em Administração) qualificados para desenvolver o processo de gestão em diversas áreas das organizações: produção e serviços, comercialização e marketing, finanças, recursos humanos, gestão da informação, entre outras.
O administrador é responsável pela provisão de serviços de apoio para empresas. Dá conselho sobre as exigências legais para dirigir a companhia e assegura que a restrição estatutária é observada.
O administrador tem de estar envolvido de perto no processo organizacional da empresa, coordenar serviços de apoio para negócios e organizações, além de estar envolvido em diversas atividades cotidianas de uma empresa.
Tem conhecimento dos processos de relação entre uma companhia e seus empregados. Em particular, inclui conhecimento das atividades executadas pelo departamento pessoal.
Conhecimento de aritmética, álgebra, geometria, estatísticas e matemática financeira. Familiaridade com a área de comunicações e mídia e bons conhecimentos de computação, em particular editores de texto e planilhas de cálculo.
A Administração é uma área muito ampla que envolve conhecimentos específicos de cada área da Administração.

ATIVIDADES DESENVOLVIDAS PELO ADMINISTRADOR

A Administração envolve o planejamento e direção de reuniões, preparação as tarefas do dia e organização geral de uma empresa..
Executa tarefas relacionadas com o expediente geral da empresa ou serviço público, de acordo com procedimentos estabelecidos, utilizando equipamento informático e equipamento e utensílios de escritório.
Coleta informações requeridas, prepara relatórios, e assegura que todas as decisões são comunicadas aos interessados.
Ajuda no planejamento da contabilidade da empresa.
Estabelece sistemas processuais, lidando com contratos, seguro e propriedade.
Desenvolve e administra os sistemas que asseguram que a companhia obedeça todos os códigos aplicáveis como também suas exigências legais e estatutárias.
Colabora com o planejamento administrativo e operacional da empresa.

CONHECIMENTOS NECESSÁRIOS PARA ADMINISTRAÇÃO

Língua portuguesa.
Conhecimento de língua estrangeira.
Noções básicas de organização empresarial/serviço público.
Noções de organização do trabalho.
Conhecimentos em informática (editores de texto, planilha de cálculo, correio eletrônico, acesso a Internet e banco de dados).
Registro e expedição de correspondência.
Preenchimento de documentação.
Arquivamento de correspondências e documentações.
Comunicação e relações interpessoais.
Segurança, higiene e saúde aplicadas à atividade profissional.
Noções básicas de normas de sistemas de gestão da qualidade.




ANÁLISE DE SISTEMAS

Analistas de sistemas

A PROFISSÃO

Analistas de sistemas de computador melhoram sistemas de computador existentes. Eles também planejam e desenvolvem novos sistemas e ajudam organizações a redesenhar os sistemas de computador.
Às vezes apenas sugerem e implementam alguns softwares para aprimorar o uso dos computadores. Também projetam sistemas de software. Analistas de Sistema se especializam freqüentemente em administração de sistemas, ciência, ou engenharia.
Analistas de sistemas começam projetos colhendo informação, discutem as necessidades de uma organização com seus gerentes e funcionários. Uma vez as metas estão claras, os analistas determinam se eles precisarem projetar um novo sistema de software.
Os analistas preparam relatórios que mostram quanto valerão as mudanças. Estes relatórios também discutem como as organizações podem se beneficiar e o que podem esperar dessas mudanças, e os gerentes usam estes relatórios para ajudar decidirem se o sistema proposto valerá o custo.
Uma vez que estes planos são aprovados, os analistas de sistemas coordenam a atualização ou instalação do sistema de computador. Alguns analistas de sistemas escrevem o código de programação. Quando eles tiverem um sistema quase concluído, os analistas os testam com seus usuários.
Eles observam a interação dos funcionários com o sistema e como eles o usam, buscando saber se o sistema implantado atende as necessidades da empresa como planejado. Eles também vasculham o computador em busca de problemas existentes e em potencial e procuram corrigi-los.
Quando o sistema estiver pronto e implantado, os analistas promovem o treinamento dos funcionários, para que estes possam utilizá-lo de forma satisfatória. Eles também escrevem manuais que descrevem como usar o sistema. Estes manuais devem ser escritos em condições que os gerentes e outros usuários podem entender.
Além disso, analistas escrevem documentação para as pessoas que farão a manutenção do sistema. Alguns analistas são os empregados de organizações. Estes analistas também ajudam os funcionários a resolver problemas com seus computadores.

ATIVIDADES DESENVOLVIDAS

O analista de sistema analisa as exigências de sistemas em um contexto empresarial e técnico e determina as melhores soluções.
Analisa e testa programas de computação ou sistema para identificar erros e assegurar o bom funcionamento.
Consulta os funcionários e usuários identificar problemas de procedimento operacionais, formulando e revisando planos que exigem muitas informações para desenvolver programas que satisfazem as exigências empresariais ou dos usuários.
Desenvolve fluxogramas e diagramas para ilustrar passo a passo e descrever o fluxo operacional lógico do programa. Escreve manuais que descreve e desenvolve a instalação e procedimentos operacionais dos programas.
Coordena a instalação de programas de computação e sistemas operacionais, testa o sistema de computador e monitores.
Lê manuais, periódicos, e relatórios técnicos para aprender a desenvolver programas para satisfazer exigências do usuário.
Escreve e revisa programas e procedimentos de projetos de sistemas, procedimentos de teste, e padrões de qualidade.
Revisa e analisa cópias imprimidas de computador com indicações de desempenho para localizar problemas de código.
Modifica programas e corrige erros modificando códigos de computador.

CONHECIMENTOS NECESSÁRIOS

Língua portuguesa.
Bons conhecimentos em língua inglesa.
Conhecimento em informática (Hardware e Software).




ARQUEOLOGIA


Arqueólogos

A PROFISSÃO

Os arqueólogos ocupam-se da recolha e análise sistemática dos vestígios materiais das civilizações e culturas do passado, com o objetivo de melhor as conhecerem.
É através da atividade destes profissionais que se torna possível conhecer as épocas mais remotas da História da Humanidade, anteriores ao aparecimento da escrita (tempos pré e proto-históricos), bem como as épocas mais recentes.
Por outro lado, permite a reconstituição dos hábitos e costumes do quotidiano, de um modo geral não abordados nos documentos escritos.

ATIVIDADES DESENVOLVIDAS

Na atividade destes profissionais podem-se distinguir três fases complementares: a detecção, a coleta e a análise dos vestígios arqueológicos.
Num primeiro momento, os arqueólogos fazem o levantamento dos locais onde podem existir vestígios materiais de povos antigos.
Estes vestígios podem ser ruínas de habitações, templos, sepulturas, esculturas, pinturas, ferramentas, peças de cerâmica, moedas, armas ou outros objetos.
Em seguida, e sempre que possível e necessário, procedem às escavações para fazer a coleta dos objetos.
Quando se tratam de vestígios arqueológicos de grande dimensão que não possibilitam a sua remoção (tal como restos de edificações) estes profissionais procedem ao seu registro no próprio local, nomeadamente, através de fotografias e do desenho de plantas.
Após estas duas primeiras fases, que constituem aquilo que se designa por trabalho de campo, os arqueólogos procedem à análise laboratorial, fazendo a limpeza, tratamento e classificação dos objetos encontrados.
Efetuam, ainda, a seleção e preparação dos objetos a serem expostos em museus.

CONHECIMENTOS NECESSÁRIOS

Devido à natureza da sua atividade, os arqueólogos necessitam de possuir alguns conhecimentos de outras áreas científicas, para poder dialogar com os especialistas dessas áreas. Tais como:
História
Geologia
Antropologia
Geografia
Informática
Matemática
Biologia
Desenho
Arte
Religião
Química
Física
A utilização de conhecimentos destas áreas nas pesquisas que efetuam pode variar consoante o período de tempo que estão a estudar, o tipo de vestígios arqueológicos ou, ainda, a civilização e a cultura em causa.
Os arqueólogos necessitam também de ter alguns conhecimentos de gestão, pois o seu trabalho inclui organização de pessoal e planejamento financeiro.




ARQUITETURA

Arquiteto

A PROFISSÃO

Os arquitetos estudam, idealizam, projetam e acompanham a construção de edifícios, tais como prédios residenciais e de escritórios, hotéis, centros comerciais, fábricas, hospitais, escolas e igrejas.
São também responsáveis por projetos de urbanismo, através dos quais concebem, por exemplo, conjuntos habitacionais, complexos turísticos, campus universitários e parques industriais.
Alguns arquitetos especializam-se em arquitetura de interiores ou dedicam-se a preservar o patrimônio arquitetônico, ocupando-se da conservação e restauração de edificações antigas.

ATIVIDADES DESENVOLVIDAS

A atividade dos arquitetos divide-se em duas fases distintas:
a criativa, durante a qual o projeto é idealizado e passado para o papel, e a de gestão e de controle de operações, em que é necessário exercer uma atividade de assistência ou fiscalização da execução da obra, de forma a garantir que o trabalho final seja fiel ao projetado.
Alguns dos arquitetos que trabalham em equipe ou em empresas. Enquanto uns são principalmente responsáveis pela gestão das construções ou apenas pela gestão da sua empresa (realizando pouco trabalho de desenho), outros se ocupam principalmente da concepção de projetos.
Alguns arquitetos são ainda especializados na elaboração de projetos de certos tipos de edificações, tais como fábricas ou estabelecimentos de ensino, alguns também optam por lecionar em faculdades.

CONHECIMENTOS NECESSÁRIOS

Língua portuguesa.
Matemática
Física
Desenho
Informática (conhecimentos de softwares específicos para o setor)



ARTES CÊNICAS

Artes Cênicas

A PROFISSÃO

O Bacharelado em Artes Cênicas foi criado com o propósito de responder à crescente demanda de pessoas, principalmente de jovens, que, de alguma forma, militam no teatro amador.
A atividade central do profissional de Artes Cênicas consiste em criar e interpretar personagens em representações teatrais, cinematográficas, televisivas e, mais raramente, radiofônicas, com o objetivo de entreter e comunicar com públicos.
As suas interpretações podem ser apenas vocais ou corporais (mímica, pantomima e outras), mas incluem, geralmente, estes dois tipos de expressão.
Alguns atores são encenadores e, nessa condição, são responsáveis pela planificação e concepção de espetáculos (sobretudo teatrais), cabendo-lhes determinar o seu estilo e ritmo, através da marcação de movimentos, da direção de atores e figurantes, da implantação de cenas e da supervisão de cenários, vestuário, iluminação e sonoplastia.

ATIVIDADES DESENVOLVIDAS

O campo de atuação é diversificado: se alguns trabalham apenas em teatro clássico, outros se especializam em representações destinadas ao público infantil, marionetes, espetáculos cômicos ou de animação cultural, por exemplo.
Além de representarem, alguns desenvolvem atividades como a participação em promoções comerciais, direção de arte de filmes e programas televisivos e a atuação em espetáculos musicais onde também cantam e/ou dançam.

CONHECIMENTOS NECESSÁRIOS

Língua portuguesa.
Expressão corporal.
Comunicação social.
Artes em geral.




ARTES PLÁSTICAS


Artes Plásticas

A PROFISSÃO

A arte é simultaneamente uma atividade humana e uma esfera de conhecimento, de modo que a inter-relação entre habilitação ou formação profissional e área de conhecimento, no caso da arte, é intrínseca.
O curso de Artes Plásticas tem como objetivo a formação de artistas e educadores. O curso proporciona, além das matérias teóricas, a prática de ateliês e oficinas de Desenho, Pintura, Gravura, Cerâmica, Modelagem, Madeira, Metal e Fotografia.
O curso de Artes Plásticas abre também, a possibilidade de profissionalização em diversos setores de trabalho ligados a Museus, Centros Culturais e de difusão da Arte.
ATIVIDADES DESENVOLVIDAS

O Artista Plástico pode trabalhar em museus, galerias, centro culturais e exposições, organizando mostras de outros artistas, monitorando eventos, e desenvolvendo pesquisas a partir do acervo ou de arquivos das instituições.Pode ainda se dedicar à crítica de arte, à área acadêmica, à criação publicitária, produção gráfica, editoração eletrônica, criação de vitrines e cenários, entre outras.

CONHECIMENTOS NECESSÁRIOS

Língua portuguesa.
Artes em Geral.
Comunicação social
Língua estrangeira (recomendável)
Softwares específicos (de acordo com a atividade desenvolvida)


ASTRONOMIA


Astrônomos

A PROFISSÃO

Os astrônomos estudam o universo e os elementos que o constituem (planetas, estrelas, galáxias, etc.), no que diz respeito à sua origem, formação, evolução, composição química e propriedades físicas.
Estes estudos são realizados em todas as regiões do espectro eletromagnético: raios gama, raios X, raios ultravioleta, raios infravermelhos e rádio.

ATIVIDADES DESENVOLVIDAS

Estes profissionais calculam a posição e o movimento dos astros e realizam estudos estatísticos sobre a sua distribuição:
Trata-se do estudo da dinâmica dos astros
As questões relacionadas com a sua origem, formação, Influência no (e do) meio envolvente e destruição.
Estudam, também, a estrutura dos astros, trabalho que se traduz na análise da respectiva massa
No que se refere às características físicas e à composição química, bem como na análise da distribuição da temperatura, densidade e pressão
Ainda nesta área de estudo, medem os campos magnéticos dos corpos celestes e os processos energéticos que condicionam o espectro da radiação.
Os astrônomos recolhem dados que analisam e tratam com o objetivo de explicarem o universo e os fenômenos com ele relacionados, utilizando para isso modelos físico-matemáticos.
Estas explicações podem ter uma aplicação prática, por exemplo, na navegação aérea e marítima.
Estes profissionais podem-se especializar em áreas como astronomia estelar, astronomia galáctica, astronomia extragaláctica, formação de estrelas e meio interestelar, sistema solar e cosmologia.
Para além das funções de investigação, típicas desta profissão, podem dedicar-se a outras atividades, como sejam a gestão de sistemas informáticos, o ensino da astronomia, da física e da matemática e a concepção e desenvolvimento de software, bases de dados e instrumentos (mecânicos, ópticos e eletrônicos).

CONHECIMENTOS NECESSÁRIOS

Língua portuguesa.
Física.
Química.
Matemática.
Informática (softwares específicos da área)



BIBLIOTECONOMIA


Bibliotecários, Documentalistas e os Arquivistas.

A PROFISSÃO

A crescente procura de informação - por parte das mais diversas instituições e organismos - como suporte para o planejamento, gestão e decisão, bem como a necessidade de aceder a essa mesma informação de forma rápida e fácil e o desenvolvimento das tecnologias da comunicação e informação, vieram evidenciar o papel cada vez mais interveniente e exigente dos profissionais que trabalham na área da documentação: os bibliotecários-documentalistas e os arquivistas.
As funções atuais destes profissionais são, pois, o resultado de uma evolução e da conseqüente adaptação da comunicação e da informação às sociedades contemporâneas.

ATIVIDADES DESENVOLVIDAS

Catalogação, classificação, indexação. Facilitar o seu armazenamento e localização de documentos. Vocabulários controlados e guias descritivos. Organização e gerência de bibliotecas. Sistemas e softwares para automação das atividades de biblioteca. Filtragem de informações na Internet e direitos autorais, juntamente com uma compilação das leis que tocam o exercício da profissão.

CONHECIMENTOS NECESSÁRIOS

Língua portuguesa.
Lógica matemática
Informática - Softwares específicos para a função



CIÊNCIAS BIOLÓGICAS
Biólogos

A PROFISSÃO

Os biólogos estudam todas as formas de vida (plantas, animais e outros organismos vivos), com o objetivo de alargar e melhorar o conhecimento científico e fazer a sua aplicação prática em campos como a indústria, medicina, agricultura, silvicultura, pecuária, o meio ambiente ou a biologia marítima.
Na análise que fazem dos seres vivos têm em conta aspectos como a sua origem, estrutura, funções, distribuição, evolução, processos de reprodução e relações com o meio.
Fazem também a categorização dos seres vivos e à sua análise nos vários níveis de organização: moléculas, células, organismos, populações e ecossistemas.

ATIVIDADES DESENVOLVIDAS

De um modo geral, as funções que usualmente desempenham são as seguintes:
Estudam os seres vivos no seu meio natural recolhendo, por vezes, alguns exemplares (espécimes) para serem observados e analisados em laboratórios.
Examinam os diversos espécimes com vista à sua identificação, classificação e conservação, utilizando para tal processos e instrumentos vários.
Desenvolvem experiências em laboratório relativas à estrutura, características e desenvolvimento de microrganismos, tais como vírus e bactérias.
Estudam as relações que se estabelecem entre a vida animal e vegetal.
Analisam os fatores associados ao meio ambiente, isto é, estudam tudo aquilo que pode interferir no ambiente.
Fazem experiências para conhecerem a estrutura e funções das células e a influência dos fatores físicos e químicos sobre células normais e anômalas
Fazem cultura de certas plantas e a criação de animais ou de microrganismos para a realização de trabalhos científicos
Estudam os dados obtidos através das observações e análises que efetuam, recorrendo, por exemplo, a métodos estatísticos e elaboram relatórios e publicações com as conclusões obtidas.
Além destas funções, os biólogos podem desempenhar outras mais específicas, dependendo da sua área de especialização ou área em que estejam a trabalhar. Muitos biólogos optam por lecionar.

CONHECIMENTOS NECESSÁRIOS

Língua portuguesa.
Biologia
Química
Informática (programas específicos)


CIÊNCIAS CONTÁBEIS

Contabilistas

A PROFISSÃO

Os contabilistas são responsáveis pela organização e/ou supervisão dos serviços de contabilidade de uma empresa ou instituição, podendo as suas responsabilidades estender-se à gestão orçamental, à auditoria e ao controle interno dos meios financeiros.
As suas tarefas são muito importantes, pois é através delas que a empresa processa o seu financiamento, que se registram os fatos da sua situação financeira e que se cumprem as obrigações fiscais para com o Estado.
Para cumprirem estes objetivos, os contabilistas observam, recolhem, registram, analisam e comunicam todos os fatos e números importantes relativos às contas da empresa.

ATIVIDADES DESENVOLVIDAS

Enquanto responsáveis por um serviço de contabilidade e/ou de finanças, os contabilistas têm como principais tarefas o estudo e a planificação dos circuitos das operações de contabilidade (ou seja, a forma como estas operações se devem seguir umas às outras) e a análise dos diversos setores de atividade da empresa.
Além disso, dirigem o encerramento das contas, elaboram o respectivo balanço com informação explicativa dos fatos e procedem ao apuramento dos resultados da atividade da empresa.
A elaboração de pareceres e o aconselhamento a gestores são também funções importantes destes profissionais.
É com base na informação que recolhem que os responsáveis pela gestão tomam conhecimento da situação econômica e financeira da empresa (e sua evolução) e decidem qual o rumo a dar aos seus negócios.
Alguns contabilistas são, também, responsáveis pela regularidade fiscal da empresa, ou seja, velam pelo cumprimento dos seus deveres fiscais.
Para isso, avaliam as contas da empresa, determinam os impostos que esta deve pagar ao Estado e preenchem e assinam as suas declarações fiscais, na qualidade de técnicos oficiais de contas.
Outros contabilistas trabalham, ainda, como revisores oficiais de contas: na qualidade de auditores externos, a sua principal função consiste em verificar se as contas que determinadas empresas apresentam são reflexo da sua situação financeira real.

CONHECIMENTOS NECESSÁRIOS

Língua portuguesa.
Matemática
Informática
Softwares específicos para a função


CIÊNCIAS EXATAS

Professores

A PROFISSÃO

O Curso de ciências exatas visa à formação de professores de alto nível para o ensino fundamental e médio.
Durante o curso o aluno estuda as matérias de exatas (física, matemática e química) e no último ano escolhe a matéria em que pretende se especializar.

ATIVIDADES DESENVOLVIDAS

Os alunos formados no curso de licenciatura em ciências exatas estão habilitados a lecionar as disciplinas de física, química, matemática e ciências para estudantes dos ensinos Fundamental e Médio.

CONHECIMENTOS NECESSÁRIOS

Língua portuguesa.
Matemática
Física
Química
Inglês


CIÊNCIAS SOCIAIS

Sociólogos

A PROFISSÃO

Os sociólogos estudam os fenômenos resultantes das relações sociais que se estabelecem entre indivíduos e/ou grupos.
Procuram entender a realidade social analisando os mecanismos de relacionamento humano (por exemplo, a amizade) e as formas de organização social (por exemplo, a família).

ATIVIDADES DESENVOLVIDAS

Dado que a realidade social se apresenta como um vasto campo de ação para os sociólogos, estes acabam geralmente por trabalhar num ramo particular da sociologia, nomeadamente: político e administrativo, do território, do ambiente, da educação, da família, do trabalho, das organizações, da comunicação, da cultura, do desenvolvimento, da saúde, das religiões, entre outros.
Dentro de cada domínio de especialização, os sociólogos podem desenvolver trabalho sobre temas tão diversos como o insucesso escolar, a integração social das minorias étnicas e culturais, os movimentos migratórios, o aparecimento de novos movimentos religiosos, os fenômenos ligados à pobreza e à exclusão social, o surgimento de novos modelos familiares, a imagem das instituições políticas junto da opinião pública e muitos outros.

CONHECIMENTOS NECESSÁRIOS

Língua portuguesa.
História
Geografia
Língua inglesa
Informática (conhecimetos específicos para a função)


CINEMA

Cineasta

A PROFISSÃO

Ser um apaixonado por cinema é uma das características comuns entre aqueles que pretendem ingressar em uma faculdade de cinema. O interessado nesse curso sonha em um dia ver seus filmes sendo exibidos nas principais salas de cinema do país.
Porém, se engana quem pensa que o profissional dessa área necessita apenas de uma boa idéia na cabeça e uma câmera na mão. O trabalho do cineasta é árduo e muitas vezes pouco recompensado, principalmente no início da carreira.
É necessário muito esforço, dedicação e persistência para se tornar um bom profissional.
O profissional dessa área deve entender que a realidade do cinema brasileiro muito se difere das grandes produções de Hollywood e deve saber aproveitar as oportunidades que a carreira oferece no Brasil.
Quem pretende um dia ser um profissional dessa área deve fazer essa opção por amor a carreira, e não pensando apenas em fama, dinheiro e sucesso profissional.

ATIVIDADES DESENVOLVIDAS

Os produtores de cinema selecionam roteiros, buscam financiamento, e tomam outras decisões de produção. Diretores dão vida aos roteiros dirigindo o trabalho do elenco
A maioria dos produtores se associam a diretores para criação de seus filmes.
O profissional de cinema também pode trabalhar em teatro, rádio e televisão.
Produtores são as pessoas empresariais. Eles organizam e assumem o risco na fase de produção. Eles selecionam roteiros e organizam o financiamento. Eles decidem o tamanho, custo, e conteúdo da produção. Produtores contratam os diretores e outros profissionais fundamentais. Eles também podem contratar os membros mais importantes do elenco. Além disso, eles negociam contratos com os atores e outros profissionais.
Produtores trabalham do princípio ao fim em um projeto. Eles montam e organizam a produção e orçamentos operacionais. Eles coordenam o trabalho de escritores, diretores, gerentes. Para isto, eles montam uma equipe para monitorar progresso de produção. Produtores que trabalham em filmes têm que ter um conhecimento prático das tecnologias envolvidas na produção do filme, bem como efeitos especiais, etc... Além disso, produtores também podem ajudar a promover o filme.
Diretores são responsáveis pelos aspectos artísticos e roteiro. Eles participam do teste de elenco, dirigem seu trabalho e administram ensaios. Nos ensaios, eles usam seu conhecimento para alcançar o melhor desempenho dos atores.
Diretores tomam muitas decisões artísticas sobre uma produção. Por exemplo, eles normalmente são responsáveis pela aprovação do cenário, roupas, e música.
Além disso, diretores consultam com diretores técnicos, gerentes, e escritores. Eles podem editar os roteiros e outro material do programa.Os diretores podem também trabalhar para agências de publicidade, rádios e estações de televisão.
Eles planejam os programas, horário de cobertura de eventos, e selecionam atores para suas produções.
Diretores técnicos coordenam os elementos técnicos de um programa, filme, ou espetáculo.

CONHECIMENTOS NECESSÁRIOS

Língua portuguesa.
Bons conhecimentos em língua inglesa
Alto conhecimento em informática (Programas de edição de vídeo, efeitos especiais, animação, entre outros)
Boa comunicação
A - C

Postagens populares

 
TOPO
©2008 Curriculo Ideal Por curriculoideal.blogspot.com