CTRL + D para adicionar esse site aos seus favoritos.
Cadastre seu e-mail gratuitamente clicando aqui para se manter informado sobre vagas, concursos, apostilas e todos os demais conteúdos do site. Fique atento ao e-mail de confirmação que será enviado. Verifique também na caixa de spam.
.
Deseja fazer seu curriculo conosco? Divulga-lo em diversas empresas sem sair de casa? Entre em contato, revisamos seu currículo gratuitamente. curriculoideal@yahoo.com.br

Concursos previstos para 2011. Veja.

Postado em: 10/01/2011

O número de vagas previstas em 2011 em ao menos 60 concursos públicos de nível federal e estadual, além de prefeituras de capitais, chega a 40.264, sem contar as instituições que lançarão concursos para cadastro de reserva, isto é, quando os aprovados são chamados conforme a necessidade do órgão.

Veja abaixo vagas, cargos, salários e organizadoras de concursos previstos:

Curso gratuitos SENAC

Postado em: 30/01/2010

O Programa Senac de Gratuidade (PSG), em parceria com o governo federal, oferece cursos gratuitos de educação profissional para população de baixa renda. São centenas de cursos oferecidos em todo o Brasil que vão desde inglês e francês básicos até cursos técnicos em informática e certificações em tecnologia como a formação Oracle Certified Professional. Há ainda cursos de computação gráfica, desenvolvimento de sistemas, design, contabilidade, redes e infraestutura, além de conteúdo básico sobre internet e informática.

Como funciona?

Como está presente por todo o Brasil, trabalhando com diferentes realidades, o Senac de cada estado irá anunciar à população, por meio de jornais ou outros meios de comunicação, os cursos disponíveis, o número de vagas, as unidades que realizarão os cursos e os turnos em que eles serão oferecidos.
O PSG foi criado para atender às necessidades da população de baixa renda. Ou seja, pessoas cuja renda familiar mensal por pessoa não ultrapasse um salário mínimo e meio – a referência é o salário mínimo federal. Os candidatos a essas vagas devem ser alunos que estejam cursando, ou já tenham concluído, a educação básica e trabalhadores empregados ou desempregados. É importante dizer que os que atenderem as duas condições – aluno e trabalhador – terão prioridade.
Veja maiores detalhes no site do Senac clicando aqui.

Fonte: Oportunidade Profissional

Oportunidades de Trabalho - RJ

Postado em: 27/01/2010

O site curriculoideal segue em expansão e anuncia mais uma parceria, agora com a consultoria RHWAY que atende diversos clientes pelo Brasil.
As vagas dessa consultoria terão sua respectiva logo e e-mail para contato, assim como as demais.
Confira as vagas abertas enviadas em 27/01/10:

CAMAREIRA - RIO DE JANEIRO

Vai atuar em Condomínio Residencial com serviços.

NECESSÁRIO TER EXPERIÊNCIA.

PERFIL: Serviço de limpeza nos apartamentos, e, quando necessário, nas áreas comuns do prédio. Preparar o café da manhã dos funcionários.

Local de trabalho: Recreio dos Bandeirantes

Horário de Trabalho: 2ª a 6ª feira das 6:30 às 15:30; Sábado das 6:30 às 10:30

Escolaridade: Ensino Fundamental
Benefícios: VT + VR de R$ 12,00 por dia + Café no local de trabalho
Salário no período de experiência de R$ 600,00 - após estes 3 meses de experiência o salário passa para R$ 714,00.

Forma de vínculo: CTPS


Enviar currículo com urgência para curriculos@rhway.com.br – colocando no assunto CAMAREIRA.

FATURISTA- RIO DE JANEIRO- URGENTE

PERFIL: Com experiência anterior na área de Faturamento.

Atividades principais: Emissão de notas fiscais, emissão de boletos bancários, emissão de cartas de correção e declarações de Optante do Simples, controle do faturamento em planilha do excel, arquivamento de notas por vendedor, etc.

Necessário ser REALMENTE usuário de EXCEL - terá teste básico (fórmulas de soma, subtração, multiplicação, divisão, etc) no processo.

Horário de Trabalho: 2ª a 6ª de 7:30h às 17:30 h.

Local: Zona Norte - próximo ao Méier.

Escolaridade Exigida: Ensino Médio Completo

Salário R$ 800,00 + VT (Riocard) + Alomoço e Café da manhã no local + Cesta básica.

SÓ SERÃO ANALISADOS CURRÍCULOS NO CORPO DO EMAIL.

Forma de vínculo: CTPS – CONTRATAÇÃO IMEDIATA

Enviar currículo com urgência para curriculos@rhway.com.br – colocando no assunto FATURISTA e enviando seu currículo no corpo do email COM PRETENSÃO SALARIAL.

AUXILIAR DE SERVIÇOS GERAIS PARA RESTAURANTE - RIO DE JANEIRO - URGENTE - 6 vagas


Atividades principais: Vai atuar com limpeza do restaurante em geral - com boas chances de crescimento profisisonal.

Necessário ter disposição física e muita vontade de trabalhar. NÃO É NECESSÁRIO TER EXPERIÊNCIA.

Horário de Trabalho: Domingo a 2ª de 8:20 às 16:40 e 16:30 às 00:50h - uma folga semanal e um domingo por mês.

Local: Leme

Escolaridade Desejável: Ensino Médio

Salário R$ 800,00.

Benefícios: VT + plano saúde Bradesco + Plano odontológico Bradesco + VR de R$ 12,00

SÓ SERÃO ANALISADOS CURRÍCULOS NO CORPO DO EMAIL.

Forma de vínculo: CTPS – CONTRATAÇÃO IMEDIATA

Enviar currículo com urgência para curriculos@rhway.com.br – colocando no assunto Aux.SGer e enviando seu currículo no corpo do email.

COMPRADOR- RIO DE JANEIRO - URGENTE


PERFIL: Com experiência anterior no cargo de COMPRADOR (Tem que realmente ter experiência no cargo de comprador ou similar - como o responsável pela área).

Atividades principais: Efetuar contato e compra de materiais com fornecedores, pesquisar novos fornecedores quando necessário, supervisionar as atividades de receber mercadorias e conferir ( controle de qualidade do material que chegam dos fornecedores ).

Necessário ser REALMENTE usuário de computador - Tem que ser usuário de Word, Outlook e Excel - terá teste básico no processo.

Horário de Trabalho: 2ª a 6ª de 7:30h às 17:18 h.

Local: Riachuelo - Zona Norte - próximo ao Méier.

Escolaridade Exigida: Ensino Médio Completo

Salário A COMBINAR + VT (Riocard) + Refeição no local + Café da manhã + Cesta básica.

SÓ SERÃO ANALISADOS CURRÍCULOS NO CORPO DO EMAIL.

Forma de vínculo: CTPS – CONTRATAÇÃO IMEDIATA

Enviar currículo com urgência para curriculos@rhway.com.br – colocando no assunto COMPRADOR e enviando seu currículo no corpo do email COM PRETENSÃO SALARIAL

IMPORTANTE: Apenas serão analisados currículos de candidatos do RJ e dentro do perfil supracitado, favor não enviar se não possuir as características solicitadas no perfil (isso compromete a avaliação do profissional para futuras oportunidades).

800 vagas em cursos gratuitos com certificado no CIEE

Postado em: 23/01/2010

O Centro de Integração Empresa-Escola (CIEE) está com aproximadamente 800 vagas abertas para formação de turma para doze cursos e sete oficinas de Tecnologia de Informação, todos gratuitos, sendo quatro em parceria com a Impacta, Cisco/Ainet/CTT Brasil e Hauri do Brasil.
A carga horária dos cursos varia de 8 a 80 horas, enquanto as oficinas têm duração de 3 a 4 horas. São 20 alunos por sala e as aulas são realizadas pela manhã (das 8 às 12 horas) ou à tarde (das 13 às 17 horas) nos laboratórios de informática do CIEE (Rua Tabapuã, 445, 4º andar, no bairro Itaim Bibi, na capital paulista). Ao final dos cursos e das oficinas, os alunos recebem certificado ou declaração de participação.
A resenha dos programas e os pré-requisitos para participar estão disponíveis no site www.ciee.org.br, onde os estudantes deverão fazer sua inscrição para as aulas durante o mês de janeiro.

Fonte: Convergência digital

Prova física concurso: Candidata teve de roer as unhas antes do teste da barra

Postado em: 21/01/2010

Caso real, que serve como dica para quem for fazer testes físicos em concursos.

Karla Daniella de Lima Fernandes Costa, de 32 anos, só se deu conta de que não iria conseguir fazer a prova da barra minutos antes do teste. Ela prestou o concurso para escrivã da Polícia Federal em 2002, no Recife. Para ser aprovada, ela teria de segurar a barra por 20 segundos com os braços flexionados e o queixo acima do equipamento.

Primeiro ela viu que estava com as mãos suadas por causa do nervosismo. Então esfregou as mãos no chão do ginásio para secá-las. Depois se deu conta de que estava com as unhas grandes.

“Em 20 minutos, roí todas até o talo, mesmo com as mãos sujas de pó”, conta. Segundo ela, as unhas iriam cravar na palma da mão quando segurasse a barra e, com a dor, ela cairia. “São detalhes que a gente não se dá conta e que são importantes.”

Na corrida de 12 minutos, que estava marcada para as 10h20, só ocorreu três horas depois. A sorte é que ela tinha levado barras de cereal. “Muitas pessoas passaram mal porque estavam com a glicose baixa”. Sedentária antes do concurso, Karla conta que treinou duas horas por dia, durante 45 dias - uma hora com personal trainer para exercitar a parte aeróbica e a outra em academia para fazer exercícios de peso. Ela diz que é necessário investir no preparo. "Tem que ter relógio com cronômetro, um bom tênis com amortecimento e impulso, roupas adequadas e treinar com pessoas especializadas."

Com o esforço, apesar de ter tido de roer as unhas na última hora, Karla conseguiu ser aprovada no teste físico.

Fonte: G1

Chocolates Garoto contratará 4 mil para a Páscoa

Postado em: 21/01/2010

A empresa Chocolates Garoto irá contratar 4 mil funcionários temporários para o período da Páscoa. A contratação irá acontecer ainda nesse mês, mas ainda não foi divulgado através de qual agência de empregos a Chocolates Garoto irá contratar os temporários para a Páscoa 2010. Se você está precisando de uma oportunidade de emprego como essa fique atento que assim que for divulgado estaremos publicando aqui.
A empresa está procurando pessoas de ambos os sexos, maiores de 18 anos e com habilidade para vendas. As vagas estão distribuídas por todas as regiões do país. O que aconselhamos é que você faça um bom currículo, utilizando as técnicas e os modelos de currículos disponíveis em nosso site. Sucesso.

322 vagas de emprego no Giraffas no Estado de São Paulo

Postado em: 19/01/2010

A rede de restaurantes Giraffas está com 332 vagas abertas para a Grande São Paulo e cidades de Ibitinga, Jundiaí e Santos (SP). Há vagas operacionais, que exigem nível fundamental, e para gerentes, que exigem nível médio. Para todos os cargos é necessário ser maior de 18 anos e para os candidatos do sexo masculino também é solicitado o certificado de reservista.Em cada processo seletivo são utilizadas formas diferenciadas de seleção. No geral, constam testes de matemática, redação, informática, testes situacionais, dinâmicas de grupo e entrevistas individuais. Entre os benefícios estão vale-transporte, refeição no local e uniforme. Os interessados devem encaminhar o currículo para o e-mail vagassp@giraffas.com até o dia 31 de janeiro.

Fonte: gfsoluções

Veja como entrar com recursos sobre as provas de concursos

Postado em: 16/01/2010

Situações
O candidato pode entrar com recurso quando discorda dos gabaritos, das notas das provas ou da forma como a questão foi formulada.

Como fazer
O modelo de formulário de recurso geralmente vem no corpo do edital do concurso e deve ser datilografado ou digitado pelo candidato.

Como enviar
A forma de envio está especificada no edital. Pode ser via Correios (Sedex), fax, pessoalmente e, em alguns casos, por e-mail.

Prazo Geralmente o candidato tem de dois a três dias após a publicação do gabarito ou resultado da prova para encaminhar o recurso. Todos os editais especificam o prazo.

Justificativa
O candidato deve fundamentar bem seu questionamento, usando argumentos sempre com base no edital, para ter seu recurso deferido.

Resultado
As organizadoras costumam responder os recursos entre 15 dias e um mês. O número de recursos influencia no tempo de análise.

Você tem medo de tirar férias?

Postado em: 16/01/2010

Estudos recentes indicam que o período, normalmente associado ao relaxamento, pode ser extremamente estressante.


Uma pesquisa realizada pela International Stress Management Association (ISMA) com 678 trabalhadores das cidades de São Paulo e Porto Alegre, com idades entre 25 e 55 anos, aponta que 38% deles têm medo de tirar férias. Segundo o estudo, as principais razões estão o receio de que decisões importantes possam ser tomadas na empresa durante as férias (46%); a possibilidade de mudanças de cargo ou responsabilidades devido às fusões e aos enxugamentos (32%); enxugamento na empresa (19%); e o fato de que talvez ninguém sinta falta do profissional em férias (3%).

No Brasil, o período de 30 dias de descanso aos trabalhadores está previsto em lei. E para a psicóloga Tânia Margot Klein, do Sefit Prevenção Laboral, as férias têm um fator motivacional e desestressante, portanto, não há motivos para que as pessoas tenham receio. A especialista também acredita que a postura da empresa pode colaborar, e muito, para que o funcionário se sinta seguro. "Aquelas que apresentam um bom clima organizacional, investem em treinamento, desenvolvimento e qualidade de vida no trabalho conseguem manter a motivação de suas equipes em alta", explica a especialista.

Descanso em etapas

Para os funcionários que têm medo de sair de férias, a psicóloga aconselha: "Os períodos longos não são indicados. A pessoa se sentirá melhor com pequenas pausas". Então, dividir as férias em dois períodos de 15 dias pode ser uma boa ideia. "O estresse acontece diariamente e deixar para 'esvaziar o copo' apenas uma vez por ano pode ser ruim", aconselha a psicóloga.

Entretanto, Tânia defende que independente de 30 dias diretos ou em etapas, o importante é que o período de descanso exista. "Sair da rotina permite uma oxigenação que será transformada em motivação ao retornar ao trabalho", salienta.

Dicas para tornar as férias mais agradáveis

- Em primeiro lugar, programe-se. Ficar em casa sem fazer nada pode gerar frustração;

- Escolha atividades que lhe proporcionem prazer;

- Deixe de lado o computador ou os equipamentos que lhe remetam ao trabalho;

- Busque atividades que relaxem e desestressem para voltar ao trabalho revigorado e produzir mais e com qualidade!

Fonte: Revista Viva Saúde.

Agradecimento 50.000

Postado em: 15/01/2010


O blog curriculoideal atingiu hoje a marca de 50.000 visitas únicas em pouco mais de 1 ano de existência, graças a vocês leitores.

É a primeira de muitas conquistas.
Não tenho dúvidas que em breve atingiremos 100.000!

Sucesso a todos.

Teste psicológico pode eliminar em concurso, mas é possível questionar

Postado em: 14/01/2010

Candidato precisa saber se tem o perfil psicológico exigido para o cargo. Concorrente pode entrar com recurso com ajuda de psicólogo.

A avaliação psicológica é comum em concursos para cargos na área de segurança, em tribunais e outras funções que requerem equilíbrio emocional, como motoristas.

Mas, se o candidato for aprovado nas demais fases do concurso e for reprovado nesse exame, ele deixa de concorrer à vaga.

“As características psicológicas são tão importantes quanto o conhecimento teórico e técnico que o candidato deve adquirir para o concurso que está prestando para poder enfrentar as tarefas previstas para o cargo a que está concorrendo”, diz Acácia Angeli dos Santos, conselheira do Conselho Federal de Psicologia (CFP) e uma das responsáveis pela área de avaliação psicológica da entidade. Segundo Alexandra Ayach Anache, também conselheira do CFP, a reprovação no teste psicológico não significa que o candidato é incapaz para trabalhar, mas sim que ele não atendeu aos parâmetros exigidos para aquele cargo em questão. Acácia diz que o candidato deve verificar no edital do concurso o perfil psicológico requisitado para o cargo e se perguntar se ele se encaixa naquelas características.

“Os editais para concursos das polícias militares, por exemplo, deixam claro o perfil psicológico esperado do candidato”. “Um policial, por exemplo, não pode ser agressivo nem impulsivo. Ele exerce uma função pública com uma arma em mãos. Se o examinador percebe que o nível de agressividade está acima do desejado, o candidato é considerado inapto para o cargo. Já um motorista deve ter atenção e concentração e também não pode ser agressivo”, diz Acácia.

Outra característica analisada é a resistência à frustração.

“Muitas atividades requerem que o funcionário trabalhe em ambientes muito frios ou quentes e barulhentos. Por isso, exige-se estabilidade emocional para esses tipos de funções”. As provas se diferenciam de concurso para concurso e podem avaliar a personalidade e habilidades de forma geral. “Por exemplo, para a prova de inteligência podem ser aplicados testes de raciocínio, numéricos, verbais, indutivos, dedutivos, mecânicos e abstratos. Já os de personalidade analisam traços e características do candidato”, explica Acácia. De acordo com Acácia, entre as características de personalidade analisadas estão inteligência, flexibilidade, estabilidade emocional, capacidade de concentração, memória e atenção.

Recursos

Segundo o advogado de direito administrativo Vanderlei Silva Perez, que já auxiliou vários candidatos a entrar com recursos contra a reprovação nos testes, quem não concordar com o resultado pode entrar com recurso administrativo, com a ajuda também de um psicólogo, que deverá pedir à organizadora para ver as provas e laudos.

Dependendo do que for verificado nos resultados, como falta de laudos ou de fundamentações e critérios, entra-se com uma ação na Justiça. Se houver decisão favorável na primeira instância, o candidato pode até assumir o cargo, caso tenha passado nas demais etapas do concurso, enquanto o processo corre.

Segundo Perez, a avaliação psicológica não deveria ser eliminatória, e sim classificatória porque, para ele, o desempenho nos exames psicotécnicos é “momentâneo”. “O candidato pode ser reprovado numa semana e na outra ser aprovado no mesmo teste”, diz.

Para ele, o candidato que foi reprovado deveria ser acompanhado nos dois primeiros anos de trabalho e, se for considerado incapaz para o cargo, aí sim ser demitido. Outra alternativa seria a aplicação de um segundo teste para o candidato que foi reprovado no primeiro para confirmar o resultado.

Fonte: G1

Os 10 cursos superiores mais concorridos do Brasil

Postado em: 14/01/2010

Confira abaixo a lista dos 10 cursos mais concorridos e a concorrência (relação candidato x vaga) média :


posição curso concorrência média

1 Medicina 52,90
2 Publicidade e Propaganda 32,32
3 Nutrição 27,67
4 Farmácia 26,97
5 Ciência da Computação 25,14
6 Direito 24,41
7 Relações Internacionais 23,94
8 Arquitetura e Urbanismo 23,59
9 Enfermagem 22,32
10 Psicologia 21,98

Em dúvida? Clique aqui e acesse nosso guia de profissões.

Concursos aguardando edital

Postado em: 12/01/2010

Concursos aguardando edital. ATUALIZADO!

Banco do Brasil
Defensoria Pública da União
Exército
Fundação Jorge Duprat Figueiredo de Segurança e Medicina do Trabalho (Fundacentro)
Fundação Nacional do Índio
Governo do Distrito Federal
Hospital Universitário da Universidade Federal de Santa Catarina
Instituto de Assistência Médica ao Servidor Público Estadual de São Paulo
Instituto Brasileiro de Colonização e Reforma Agrária (Incra)
Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística
Instituto Brasileiro de Museus
Instituto Evandro Chagas e Centro Nacional de Primatas
Ministério da Ciência e Tecnologia
Ministério da Cultura
Ministério da Educação
Ministério da Previdência
Ministério do Meio Ambiente
Ministério dos Transportes
Ministério Público de São Paulo
Secretaria Estadual de Economia e Planejamento de São Paulo
Secretaria Estadual de Educação de São Paulo (1)
Secretaria Estadual de Educação de São Paulo (2)
Secretaria Estadual da Fazenda de São Paulo
Secretaria Estadual de Saúde de São Paulo
Superintendência de Seguros Privados (Susep)
Supremo Tribunal Federal
Tribunal de Justiça de Roraima
Tribunal de Justiça de São Paulo

6 recomendações dadas em editais de concursos e por especialistas

Postado em: 10/01/2010

1 - O candidato deve estar com o cartão de confirmação em mãos para localizar a sala em que fará a prova, principalmente em locais onde há mais de um bloco.

2 - O candidato deve respeitar as orientações de segurança, como não levar aparelhos eletrônicos de nenhuma espécie (celular, relógios digitais ou MP3). Caso contrário, poderá ser eliminado da prova.

3 - O candidato deve chegar ao local de prova com pelo menos uma hora de antecedência, pois os portões são fechados pontualmente no horário estabelecido em edital. Por isso, se o candidato não sabe onde fica o bairro ou o local da prova, é importante que se informe com antecedência como chegar até lá ou até mesmo faça o trajeto antes do dia do exame.

4 -Os candidatos devem checar se as provas chegaram dentro de um pacote lacrado. O fiscal deve então abrir esse envelope na presença dos concorrentes. Se isso não ocorrer, deve-se registrar o fato na ata da organizadora. Se houver recusa do funcionário da banca em registrar o ocorrido, o candidato pode chamar a polícia.

5 - O candidato deve verificar se seu nome e seu cargo estão corretamente grafados na prova. Se essas duas identificações não constarem no exame, ele deve acionar os fiscais e registrar a irregularidade em ata.

6 -Se o candidato verificar que um dos concorrentes está com um aparelho de escuta sem fio no ouvido, por meio do qual ele pode ouvir uma pessoa passando as supostas respostas da prova, usando algum aparelho eletrônico, como celular, ou copiando algo de uma folha que não faz parte da prova, ele deve acionar o fiscal, registrar a irregularidade em ata ou até mesmo dar voz de prisão em flagrante, prática prevista no artigo 5º do Código de Processo Penal.

Setor de tecnologia da informação terá carência de 140 mil profissionais em 2013, diz relatório

Postado em: 08/01/2010

A indústria brasileira de Tecnologia da Informação (TI) deverá precisar de 140 mil profissionais de todos os setores e níveis, em 2013. Esta é uma das conclusões preliminares do primeiro volume do relatório Software e Serviços de TI: A Indústria Brasileira em Perspectiva, lançado hoje (25) em São Paulo.

Segundo o estudo, preparado pelo Observatório da Associação para Promoção da Excelência do Software Brasileiro (Softex), o crescimento de trabalhadores assalariados no setor foi de 17% ao ano, de 2003 a 2006, apenas nas empresas cuja atividade fim é a informática.

"As empresas de outros setores da economia empregam quatro vezes mais que as de informática", explicou o vice-presidente executivo da Sofitex, Arnaldo Bacha.

Segundo o estudo, o deficit é estimado esperando o crescimento de receita, produtividade e capacidade de contratação de mão de obra. Num cenário focado apenas em serviços, a falta de profissionais qualificados sobe para 200 mil. "Na Região Sudeste, onde concentra-se 78,1% da receita líquida do setor, os egressos de graduação são em torno de 36 mil", explicou.

"Nas empresas cuja atividade fim não é informática, como bancos e indústrias, por exemplo, são 284 mil", disse a coordenadora do observatório, Virgínia Duarte. Uma das projeções da associação é o crescimento de pessoal em 12,6% ao ano. "Estamos observando que o crescimento não é apenas de empregos formais, os chamados celetistas [regidos pela Consolidação das Leis do Trabalho]. Entre 2003 e 2006, os empregados que trabalham como pessoa jurídica nas empresas cresceu 14,6% ao ano", afirmou.

De acordo com o relatório, 132.510 pessoas se graduaram em cursos superiores da área de TI, de 2003 a 2005. Os graduandos em cursos superiores foram mais de 8 mil pessoas de 1996 a 2006 e as ofertas de mestrado cresceram aproximadamente 97,9% ao ano, de 2001 a 2006.

Dicas para um curriculo ideal

Postado em: 06/01/2010

Dinâmica de grupo: conheça os 5 erros mais cometidos nessa hora

Postado em: 04/01/2010

A dinâmica de grupo é uma das técnicas mais utilizadas por empresas de recrutamento quando o objetivo é selecionar profissionais para vagas de emprego. Ela serve para analisar perfis de candidatos e simular atividades a serem vivenciadas no trabalho.

A seguir, conheça os cinco erros mais cometidos por candidatos em dinâmicas de grupo:

1- Forjar um personagem. Mostrar determinação, compromisso e disposição para enfrentar desafios pode fazer diferença e manter o candidato na disputa. O profissional deve se preparar previamente e até relaxar na hora da dinâmica, mas não pode perder o foco. A dica é manter a naturalidade aliada ao bom senso. Assumir papéis para mostrar alguém que você não é tem grande probabilidade de lhe prejudicar na seleção. Lembre-se: você estará lidando com profissionais de recursos humanos que facilmente percebem quando o candidato está representando um papel. Seja você mesmo, mas se policie, uma vez que a avaliação por parte do entrevistador ocorre em todos os momentos.

2- Imitar os concorrentes. Perguntas como “o que você não gosta de fazer?” ou “o que você espera da sua vida?” costumam provocar respostas parecidas entre os participantes da dinâmica. Isso os coloca numa baita saia justa. Responder exatamente igual ao candidato anterior pode parecer ruim para quem seleciona. Portanto, evite responder a mesma coisa que o colega ao lado disse. Se você realmente pensa como seu concorrente, a sinceridade e a firmeza do que está sendo dito podem salvá-lo de uma má impressão. Explique melhor o que quer dizer, mas sem fazer rodeios.

3- Abusar da descontração. Fazer uma brincadeira ou outra ajuda a quebrar o gelo e pode ser bem visto pelo selecionador, mas tenha cuidado para não passar dos limites. O engraçadinho do grupo é alguém que certamente não se pode ser. Forçar a barra no quesito “simpatia” significa eliminação. Selecionadores buscam profissionais compromissados com o trabalho, por isso mostre seriedade.

4- Chamar a atenção demais. Alguns candidatos se preocupam demais com o desempenho dos concorrentes durante a dinâmica, e por isso acabam se atrapalhando. É aí que eles tentam aparecer mais do que os outros. Isso é totalmente abominado por recrutadores. Mostre seu diferencial nessa hora, mas mantenha a sutileza. Agressividade demais assusta!

5- Ser o cordeirinho. Assim como ser visto como o engraçadinho do grupo é algo ruim, você não deve passar a imagem de alguém que não tem punho para conseguir a vaga. Ficar calado demais não é bom. Não espere para ser sempre o último a falar. Mostre que tem opinião. Busque o ponto de equilíbrio entre a espontaneidade e a timidez, mas não deixe que a vergonha atrapalhe seu sucesso.

"QI" vale mais que currículo em Brasília

Postado em: 02/01/2010

O famoso “QI: quem indica” continua sendo a principal maneira de conseguir um emprego. Uma pesquisa (1)divulgada ontem pelo Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese) mostra que quase 50% dos trabalhadores ocupados no Distrito Federal conquistaram a vaga por meio de sua rede de contatos pessoais. Entre os funcionários de empresas privadas, o QI é responsável por 59,1% do total de postos ocupados. O percentual sobe ainda mais quando se trata de trabalhadores domésticos: 89,9% conseguiram emprego com a ajuda de parentes, amigos ou conhecidos. O contato direto com a empresa ou o empregador vem em segundo lugar. Os concursos públicos aparecem em terceiro lugar como forma de inserção no mercado de trabalho. As agências especializadas em intermediação de mão de obra têm uma participação menor: as privadas são responsáveis por 2,2% das colocações, e as públicas, por apenas 0,9%.

“A indicação continua sendo o fator mais decisivo para conseguir um emprego, o que não é um mecanismo muito objetivo. Os critérios não se baseiam exclusivamente na qualificação dos profissionais”, afirma o economista do Dieese, Tiago Oliveira.

A especialista em recursos humanos Marillac de Castro, da Intellijob, alerta que a indicação conta pontos, mas é preciso se esforçar para passar no funil do processo de seleção. “A indicação abre portas, mas não é decisiva na hora da contratação. O profissional não deve se apegar apenas à possibilidade de ser indicado, tem que se aprimorar, ter boa escolaridade, um elevado nível intelectual e cultural, e noções do mercado de trabalho”, acrescenta.

Marillac de Castro diz ainda que o indicado precisa saber perservar essas relações. “Uma mesma pessoa pode indicar mais de uma vez”, completa a especialista. Foi o que aconteceu com a moradora da Asa Sul Renata Araújo e Silva, 27 anos. Ela conseguiu os dois últimos empregos com a ajuda de uma mesma amiga. Formada em turismo, Renata estava desempregada quando a amiga sugeriu que fosse trabalhar em uma loja varejista. Em janeiro deste ano, ela pediu demissão para abrir o próprio negócio, que não foi adiante. Depois de desistir da ideia de virar empresária, ela recorreu à mesma pessoa, que lhe ajudou novamente. Renata atualmente é gerente de uma loja de roupas. “Acho que é mais fácil conseguir quando alguém indica. Hoje, conta muito a questão da confiança, ainda mais para um cargo de gerência”, diz.

A escolaridade elevada também a ajudou na hora da seleção, acredita Renata. Além do diploma de nível superior completo, ela tem outro, de pós-graduação. O estudo do Dieese confirma: a escolaridade é o principal requisito exigido pelo empregador na hora de contratar um funcionário. Dos trabalhadores ocupados em cargos assalariados no DF, 62,2% dizem que o currículo escolar foi o que mais pesou. A experiência profissional foi o fator mais importante para 25,8% e ter cursos ou outros conhecimentos garantiu o emprego de 21,8%. “A escolaridade pesa mais no serviço público. Os servidores passam por mais exigência em um concurso público”, analisa o economista Júlio Miragaya, do Conselho Federal de Economia. De acordo com a pesquisa, a escolaridade foi o fator decisivo para 91,8% das contratações no serviço público.

Quem consegue um emprego por ter maior nível de escolaridade não só ganha como permanece mais tempo no posto. Os salários giram em torno de R$ 2.451 e os profissionais estão, em média, há sete anos e oito meses na mesma ocupação. Quem ingressou por ter bons cursos de capacitação ou conhecimento em determinada área está com o mesmo empregador há cinco anos e oito meses e tem um salário médio de R$ 2.065. Os que foram contratados por ter experiência profissional, estão há quatro anos e ganham menos, em torno de R$ 1.420.

Do total de trabalhadores na capital federal, segundo o Dieese, 36,8% fizeram cursos de capacitação e de qualificação. Quase dois terços deles tiraram do próprio bolso os recursos para o curso. Um quinto aproveitou a oportunidades gratuitas e 15,7% foram bancados pela empresa em que trabalham. Quase metade dos brasilienses (47%) acredita que não é necessário se qualificar ou não tem interesse. Um quarto diz não ter tempo, 18% alegam não ter recursos, 5,8% não preenchem os pré-requisitos e 3,8% atribuem a outros fatores. O Governo do Distrito Federal oferece cursos gratuitos e ajuda na intermediação de mão de obra. A dica dos técnicos do Dieese é para que os profissionais busquem as agências do trabalhador.

Postagens populares

 
TOPO
©2008 Curriculo Ideal Por curriculoideal.blogspot.com